Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Senhora Dança? A Mandy pelas danças da vida.

Um blog para todas as mulheres depois dos “entas” . Mulheres que, na plenitude das suas vidas, desejam celebrar a liberdade de assumirem a sua idade, as suas rugas, os seus cabelos brancos e que querem ser felizes

A Senhora Dança? A Mandy pelas danças da vida.

De Amor Nada Mais Resta Que Um Outubro

 

De amor nada mais resta que um Outubro
e quanto mais amada mais desisto:
quanto mais tu me despes mais me cubro
e quanto mais me escondo mais me avisto.

 

E sei que mais te enleio e te deslumbro
porque se mais me ofusco mais existo.
Por dentro me ilumino, sol oculto,
por fora te ajoelho, corpo místico.

 

Não me acordes. Estou morta na quermesse
dos teus beijos. Etérea, a minha espécie
nem teus zelos amantes a demovem.

 

Mas quanto mais em nuvem me desfaço
mais de terra e de fogo é o abraço
com que na carne queres reter-me jovem.

Natália Correia, in “Poesia Completa”

12144671_1230493623643425_7506902341464665086_n (1)

Fotografia: Cristina Leal

Palavra vs. Imagem

Mãos rústicas e honradas.

Mãos bondosas que adormecem na tarde, milagrosas sob o incentivo bom da lua cheia a abençoar os seios de uma esposa.

E adormecem cansadas da tarefa cumprida rudemente - em silêncio - como que sob o encanto de possuir nos músculos rosas encalecidas de ter lavrado muito e ter semeado tanto!

Santificadas sejam em toda litania, nos dão o trigo de ouro e o pão de cada dia e seguem os preceitos que lhes deu o Senhor. Haveria que enchê-las de flores e de gemas as mãos de camponês que são todo um poema nos quais os versos cheiram a terra e a suor!

Pablo Neruda - In O Rio Invisível

12096217_1230517180307736_4990031783661750348_n 

Fotografia: Ana M Martins

ESPELHOS DA ALMA

Ao caminhares 1....

Stephen Cosgrove, (26 de julho de 1945), é criador de brinquedos para crianças. É conhecido, sobretudo, pela colecção de livros infantis "Serendipity", que deram origem à série de desenhos animados, em 26 episódios, "Serendipity - O Dragão Cor-de-Rosa".

 

Mandy Martins Pereira escreve de acordo com a ortografia antiga